Herbert Spencer (1820—1903) foi um filósofo, biólogo e antropólogo inglês, bem como um dos representantes do liberalismo clássico. O Indivíduo Contra o Estado foi publicado em 1884 e tem caráter evolucionista. 

O autor, adepto das teorias de Charles Darwin, e famoso pela frase sobrevivência do mais apto, considera o Estado como um obstáculo à evolução natural do processo orgânico do ser humano. 

Para Spencer, o Estado interfere nas atividades dos cidadãos com o intuito de impor suas limitações recíprocas, como uma proposta que se apresenta como meio de melhorar as coisas através da ruptura com condições fundamentais necessárias à vida. 

Suas principais acusações foram: 

1) O uso dos poderes coercivos do Governo, dado o desânimo aos voluntários de auto-aperfeiçoamento, bem como o desrespeito às leis da vida; 
2) As leis, segundo ele, que deveriam ser socialistas, podiam ser comparadas com a escravatura em termos de limitar a liberdade do ser humano; 
3) Spencer atacou com veemência o entusiasmo generalizado pela anexação de colônias e a expansão imperial, que ele subverteu como um progresso evolutivo previsível, de sociedades e Estados militantes para industriais.

More by Herbert Spencer